menú responsive
AMÉRICA | Armada
-/5 | 0 votos

Marinha brasileira

Brasil recebe um simulador para a tripulação do futuro submarino nuclear

submarino brasil

03/03/2016 | São Paulo

O Centro de Instrução e Adestramento Nuclear de Aramar (CIANA) da Marinha do Brasil recebeu no último 22 de fevereiro o simulador do Laboratório de Geração de Energia Nucleoelétrica (Labgene). Este laboratório faz parte do programa para a construçao de Submarino com Propulsão Nuclear Brasileiro (SN-BR).

O simulador, desenvolvido com a empresa francesa Corys, tem as funções de adestrar os operadores do Labgene e da futura tripulação do SN-BR; prever comportamentos da planta nuclear real; validar o memorial de cálculo e testar os sistemas de controle de forma integrada.

A chegada dessa eficaz ferramenta tecnológica é um marco no adestramento de operadores de propulsão nuclear por proporcionar uma visão sistêmica do funcionamento de toda planta contribuindo para expertise nuclear naval do SN-BR. É digno de menção que este marco é pioneiro no Brasil.

Ressalta-se a importância do simulador como mais um relevante passo para que a Marinha do Brasil possa propiciar o adestramento

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje