menú responsive
AMÉRICA | Seguridad
-/5 | 0 votos

Carta de Acordo com Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro podem usar RPAS nas Olimpíadas

Imagem 3 CBMRJ RPA

05/08/2016 | Rio de Janeiro

Roberto Caiafa

O Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP) e o Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro (Cbmrj) assinaram, no final de julho, Carta de Acordo Operacional (Caop) para acesso ao espaço aéreo com aeronaves remotamente pilotadas (RPA).

O Acordo visa facilitar o emprego de RPA nas missões do Cbmrj e permitirá uma celeridade nessas ações, inclusive durante os Jogos Olímpicos Rio 2016, em missões de urgência ou emergência na salvaguarda da vida humana.

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), organismo regulador dessas atividades, aprovou a Caop que será denominada Circular de Controle do Espaço Aéreo (Circea 100-74) e padronizará os procedimentos de uso dos RPAs pelo Cbmerj.

O comandante-geral do Cbmerj e secretário de Estado de Defesa Civil, coronel-bombeiro Ronaldo Jorge Brito de Alcântara, afirmou que a instituição tem muita necessidade de

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje