menú responsive
AMÉRICA | Armada
-/5 | 0 votos

Os três AHTS foram adquiridos usados por R $ 82,8 milhões (US $ 24 milhões)

Navios de Apoio Oceânico Classe Mearim são incorporados à Marinha do Brasil

As três embarcações foram anteriormente utilizadas pela Petrobras em seus campos e foram vendidas por R $ 82,8 milhões (US $ 24 milhões).

As três embarcações foram anteriormente utilizadas pela Petrobras em seus campos e foram vendidas por R $ 82,8 milhões (US $ 24 milhões).

17/07/2018 | Belo Horizonte

Roberto Caiafa

Os Navios de Apoio Oceânico (NApOc) “Mearim”, “Iguatemi” e “Purus” foram batizados e participaram de Mostra de Armamento e Transferência para o Setor Operativo, no último dia 9 de julho, no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro.

A cerimônia foi presidida pelo Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior.

O evento representou a incorporação do navio à Armada da Marinha do Brasil (MB) e, de acordo com a tradição naval, o batismo por uma madrinha traz sorte à embarcação.

 O processo de aquisição dos Navios de Apoio Oceânico classe “Mearim” teve início no final de 2016, por meio de reuniões entre o Comando de Operações Navais (ComOpNav), a Diretoria de Gestão de Programas (DGePM) e a Empresa Gerencial de Projetos Navais (EMGEPRON).

Inicialmente, a intenção era arrendar três rebocadores para a Marinha.

Após uma averiguação minuciosa...

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje