menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

Comissão de Defesa

O comandante Villas Bôas alerta em risco um Exército brasileiro obsoleto

vilasboas

30/09/2015 | São Paulo

Roberto Caiafa

Na última semana, o general-de-exército Eduardo Villas Bôas Correa, comandante do Exército Brasileiro, deu importantes declarações públicas que refletem o posicionamento extremamente profissional das Forças Armadas brasileiras, mesmo com os diversos óbices enfrentados pelos militares com relação a cortes no orçamento e salários defasados sem reposição.

A primeira declaração aconteceu durante audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), ocasião em que o militar alertou para o fato de que todos os projetos da área da Defesa vêm sofrendo com fortes atrasos por causa dos cortes orçamentários, representando um risco real de regressão. Mais dois anos nessa situação e todo o esforço existente poderá se perder, segundo Villas Bôas. O militar fez questão de defender o ministro da Defesa, Jaques Wagner, pois este tem se esforçado para reduzir o impacto dos cortes orçamentários sobre a pasta.

Um dos principais

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje