menú responsive
AMÉRICA | Tierra
-/5 | 0 votos

Um contrato de 54 milhões de dólares

Brasil recebe 32 obus autopropulsados modernizados pela BAE

O M109A5 + BR Plus: o mais moderno obuseiro autopropulsado da América Latina.

O M109A5 + BR Plus: o mais moderno obuseiro autopropulsado da América Latina.

08/10/2019 | Belo Horizonte

Roberto Caiafa

Na última sexta feira (04/10), no porto do Rio Grande (RS), 32 veículos blindados de combate Obuseiro Alto Propulsado M-109 A5 BR + Plus modernizados pela BAE Systems America a um custo de aproximadamente US$ 54 milhões foram desembarcados.

A encomenda desses obuseiros pelo Exército Brasileiro foi realizada através dos programas de Artigos de Defesa Excedente (Excess Defense Articles – EDA) e Vendas Militares Estrangeiras (Foreign Military Sales - FMS).

Esses carros fazem parte de um lote de 40 adquiridos em 2014, diretamente do governo dos EUA, sendo que oito já haviam sido entregues (dois recuperados e transformados em treinadores e já em uso, e seis destinados a fornecerem peças e reaproveitamento de componentes).

Retornadas ao estado de “novos” pela BAE Systems America em instalações nos Estados Unidos, esses obuseiros receberam radares de medição de velocidade inicial e bloqueador remoto do tubo (compatível com a versão Paladin A6), sistema digital para direção de tiro, navegação inercial e GPS (que possibilitarão a automação de procedimentos e integração com cartas digitais em tempo real), rádios digitais Harris Falcon III, os mesmos utilizados pelas demais viaturas das tropas blindadas, e intercomunicadores Thales SOTAS.

Uma melhora considerável no poder de fogo das unidades deverá ocorrer, com o aumento da capacidade de resposta em missão de tiro, maior velocidade de preparação e realização dos disparos, redução de erro sobre os dados do alvo, maior precisão dos cálculos balísticos, maior alcance de tiro, comunicação digital com mais segurança na transmissão de dados, em relação à versão A5 original, uso de carta digital em rede compartilhada inclusive com o comando da artilharia de área, dentre outros recursos táticos que permitem ao carro entrar em posição, plotar seu alvo e atirar em questão de poucos minutos.

Para efeito de comparação, os antigos obuseiros M-109A3, o material a ser substituído pelos A5 BR + Plus, demandavam, quando bem treinados, 15 minutos para entrarem em posição, calcularem o tiro após confirmar o alvo na carta, e realizar o primeiro disparo, coordenado.

Nesse mesmo tempo um A5 BR + Plus entra em posição, realiza quase 10 disparos e sai de posição para evitar os fogos de contrabateria movendo-se rapidamente.

Também foram recebidas pelo menos cinco VBE Soc M88 A1 de socorro e resgate, parte de uma aquisição efetuada em 2018 que compreende outros quatro (4) já recebidos em outubro ano. Essas VBE serão colocadas em operação nos 4º e 5º BLog, 9º B Mnt e 20º RCB.

Imagerns: Exército Brasileiro via Base de Apoio Logístico do Exército (Ba Ap Log Ex), por meio da Divisão de Importação e Exportação de Material (DIEM)

 

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje