Força Aérea Brasileira submete ao KC-390 a testes de baixas temperaturas no Alasca
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Aire (Portugués) >

Força Aérea Brasileira submete ao KC-390 a testes de baixas temperaturas no Alasca

O KC390 FAB 2855 durante escala em Moses Lake, USA
|

O cargueiro militar KC-390 Millenium, fabricado pela Embraer Defesa e Segurança, está no Alasca para ser submetido a testes de baixas temperaturas, algo em torno de -33ºC.

Após encerrar a sua participação no Exercício Culminating, o KC-390 foi responsável por levar equipamentos e os militares brasileiros da Brigada de Infantaria Paraquedista de volta ao Brasil.

Após o fim do exercício, o KC-390 de matrícula FAB 2855 voou de Alexandria, na Geórgia, até Jacksonville, na Flórida, voando depois para Anápolis com escala em Boa Vista.

Já a ida para o Alasca, empreendida logo a seguir, utilizou a rota inversa, decolando de Anapólis e realizando escalas em Boa Vista (Roraima), Jacksonville (Flórida), Moses Lake (Washington) e por fim chegando ao destino dos testes, a cidade de Fairbanks (Alasca). Ao todo foram percorridos do Brasil até o Alasca em torno de 12.572 km.

Testes de gelo

A chegada ao Alasca aconteceu na noite de segunda (08/02) e os testes em ambientes congelantes começaram no dia seguinte, ocasião em que os termômetros marcaram -33ºC de temperatura. Após seis dias de testes gelados a aeronave deverá retornar ao Brasil.

Estes testes em ambientes gelados são feitos para analisar se a estrutura e sistemas do avião irão reagir como esperado, mesmo com formação de gelo e exposição a temperaturas muito baixas por longos períodos.

Nestas situações, os lubrificantes perdem sua viscosidade e partes com borracha como gaxetas e vedações podem rachar. O teste de temperaturas extremas também valida todo o isolamento do avião.

Depois da aprovação nos testes de resistência a baixas temperaturas, o KC390 ficará mais próximo de realizar a sua qualificação para voos antárticos, apoiando as atividades científicas da Estação Antártica Comandante Ferraz, mantida pelo Brasil e reconstruída recentemente após sofrer um incêndio.



Recomendamos