menú responsive
AMÉRICA | Armada
-/5 | 0 votos

Marinha escolherá o melhor projeto em meados de 2021

Damen e Wilson Sons apresentam sua proposta para o novo navio antártico do Brasil

Ilustração digital da proposta. Imagens: Wilson Sons/Damen/Marinha do Brasil

Ilustração digital da proposta. Imagens: Wilson Sons/Damen/Marinha do Brasil

16/09/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

O estaleiro holandês Damen e seu parceiro industrial e comercial no Brasil, o estaleiro Wilson Sons apresentaram formalmente à Marinha do Brasil uma proposta de cumprimento da RFP para um novo navio de apoio antártico destinado a substituir o antiquado Ary Rongel.  

Os detalhes do projeto não foram revelados, exceto por uma ilustração digital da nave mostrando um design moderno, uma proa funcional cheio de equipamentos, dois guindastes de diferentes capacidades, e um grande espaço para transporte de contêineres ou carga a meia nau, bem a frente da superestrutura que tem um passadiço envidraçado no topo cobrindo todo o entorno da embarcação.

Em direção à popa, mais equipamentos podem ser acomodados e há um ponto de pouso e decolagem para helicópteros de médio porte servidos com um hangar espaçoso.

O projeto também pode lançar e receberbarcos semirrígidos rápidos e possui aberturas funcionais em ambos os lados, perto da popa.

Detalhes sobre propulsão, sistemas a bordo, tripulação e outros ainda não foram divulgados.

Uma competição com várias partes interessadas

 

A Diretoria de Gestão de Programas (DGePM) da Marinha publicou um Requerimento de Proposta (RFP) no Diário Oficial da União (DOU) de 20 de maio de 2020 informando ao mercado o estabelecimento de requisitos e condições para a seleção da melhor proposta de aquisição de um Navio de Apoio Antártico (Napant) a ser construído no Brasil.

A aquisição da Napant visa manter os compromissos do Brasil com a cooperação internacional no Tratado Antártico, que culminou na instalação da Estação Antártica Comandante Ferraz (EACF) em 1983.

O futuro Napant substituirá o Navio de Apoio Oceanográfico "Ary Rongel" na manutenção e fornecimento da EACF fornecerá apoio logístico e operacional aos projetos de pesquisa do Programa Antártico Brasileiro (Proantar).

No final de junho passado, e servindo a RFP, o consórcio Ecovix anunciou um acordo com o estaleiro chileno Asmar para construir o primeiro navio polar em seu estaleiro no Rio Grande do Sul.

A parceria entre a Ecovix e a ASMAR é apoiada pela consultoria VSK, contratada para apoiara construção do Navio de Apoio Antártico que apoiará a base brasileira no continente antártico, reaberto no início de 2020 após o incêndio que determinou sua reconstrução (e expansão).

Damen e Wilson Sons (mais Saab) já eram parceiros na proposta de Escoltas classe Tamandaré, quando apresentaram o Projeto 10514 Sigma à Marinha do Brasil.

Nos últimos 80 anos, a Wilson Sons construiu mais de 130 navios personalizados no Brasil, dos quais 90 foram desenvolvidos em conjunto com Damen.

A transferência constante de conhecimento entre as duas empresas proporcionou especialização em embarcações de trabalho; de rebocadores a embarcações modernas e complexas que suportam plataformas que operam em nossa extensa indústria de petróleo e gás.

A parceria entre Damen e Wilson Sons começou com uma série de lanchas construídas para a Marinha do Brasil em 1994.

 

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje