menú responsive
AMÉRICA | Aire
-/5 | 0 votos

Primeira de cinco aeronaves

Embraer entrega a primeira aeronave E-99M à Força Aérea Brasileira

E-99M. Imagens: FAB

E-99M. Imagens: FAB

30/11/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

Em cerimônia realizada nesta sexta-feira na planta da Embraer em Gavião Peixoto (SP), foi entregue a primeira aeronave modernizada EMB 145 AEW&C, de Alarme Aéreo Antecipado e Controle e Alarme em Voo (E-99M) a Força Aérea Brasileira. Mais quatro aeronaves do modelo também estão sendo modernizadas.

Entre as novidades, atualização de todos os sistemas de missão e subsistemas relacionados, como os de guerra eletrônica, comando e controle, contramedidas eletrônicas e do radar de vigilância aérea, ampliando a capacidade da FAB de execução de missões de Controle e Alarme em Voo e Reconhecimento Eletrônico, dentre outras.

O projeto E-99M é conduzido pela Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) junto à Embraer e fornecedores internacionais, como a SAAB, Aeroelectronica International (AELI) e Rohde & Schwarz.

Além da modernização, o projeto também possui acordos de transferência de tecnologia que possibilitarão avanços tecnológicos na área de defesa da indústria brasileira.

A Atech, empresa do grupo Embraer, participa do projeto no desenvolvimento de parte do sistema de comando e controle.

Também foram adquiridas seis estações de planejamento e análise de missão, que serão empregadas no treinamento e aperfeiçoamento das tripulações.

Outra brasileira que tem importante papel na modernização dos Echo Nove Nove é a Albatross Engenharia, registrada na Abimde (Associação Brasileira das Indústrias de Material de Defesa e Segurança) como uma representante autorizada da Wescam Inc (subsidiária da L3Harris Technologies Inc) e capacitada para realizar a manutenção e integração de câmeras da série MX-15 no Brasil.

A empresa, além de suprimir obsolescências do projeto também fornece para os E-99M os smart-displays dos operadores (tela touch-screen sensível a operação com luvas, sistema de missão com novo computador, coolers e sistema DVR), sensor óptico giroestabilizado atualizado e outros componentes críticos classificados.

Ainda pouco conhecida, e com apenas dois anos de mercado, a Albatross é responsável pela nova configuração do Embraer T-27M Tucano modernizado, cujo 1º protótipo voou recentemente, e tem decisivo papel na modernização dos R-99 de sensoriamento/vigilância/inteligência.

A Albatross também é a fornecedora do core de missão do blindado 4x4 Gladiador II, do Grupo Inbrafiltro, entre outras atividades envolvendo tecnologia de ponta na área de Defesa.

Echo Nove Nove Mike

 

Desenvolvido sobre a plataforma do bem-sucedido jato regional ERJ 145, com mais de 1.200 unidades entregues e 30 milhões de horas de voo, o E-99 da FAB é capaz de detectar, rastrear e identificar alvos em sua área de cobertura e transmitir essas informações via Data Link.

A aeronave realiza missões de vigilância do espaço aéreo, controle e gerenciamento de interceptação, inteligência eletrônica e monitoramento de fronteiras.

Essa aeronave será fundamental na Defesa Aérea do Brasil, operando em parceria com os novos caças F.39 Gripen que começam a ser entregues armados com mísseis MBDA Meteor e Diehl Defence Iris-T.
 

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje