Super Tucano da Força Aérea Brasileira cai devido a falha de motor
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Aire (Portugués) >

Super Tucano da Força Aérea Brasileira cai devido a falha de motor

O FAB 5715 fotografado na Excon Tápio 2021. Imagen: Roberto Caiafa
|

Uma aeronave turboélice de treinamento e ataque leve Embraer A-29A Super Tucano (matrícula FAB 5715) do 3º/3º GAV – Esquadrão Flecha, sediado na Ala 5 (Base Aérea de Campo Grande - BACG), caiu na segunda-feira (13/09) por volta das 11h20 devido a uma pane de motor.

O piloto ejetou em segurança da aeronave e passa bem, sendo enviado após ser resgatado a um hospital para exames e ficar em observação.

A queda

O FAB 5715 teve um vazamento de óleo no motor em voo, o que causou a parada do mesmo.

O piloto conseguiu trazer a aeronave em voo planado até próximo de três milhas da pista da BACG, e ao perceber que não conseguiria regressar, comandou a alça de ejeção do assento Martin Baker Mk.10 LCX.

O A-29 estava em um voo de rotina, e ao atingir o solo, na região do Indubrasil (saída para Aquidauana), ficou completamente destruído pelo impacto e pelo fogo.

Por causa da situação, o espaço aéreo da Capital do Mato Grosso do Sul permaneceu fechado desde o momento do sinistro até a conclusão da operação de resgate, efetivada por um Sikorsky H-60L Black Hawk do 2º/10º GAV.

Imagens: Ala 5/Roberto Caiafa



Recomendamos