menú responsive
AMÉRICA | Contratación
-/5 | 0 votos

Chile, Colômbia, Argentina, Portugal e República Checa estão interessados

Embraer negocia a exportação de 32 aeronaves KC-390

KC 390 First Flight Screen Capture (10)

09/02/2015 | São Paulo

Roberto Caiafa

Ao decolar pela primeira vez no início de fevereiro, o KC-390 da Embraer não só confirmou a capacidade da empresa em projetar e construir uma aeronave de transporte militar multitarefa da classe de 23 toneladas, como demonstrou mais uma vez o acerto na escolha dos parceiros de risco do programa industrial posto em prática para produzir inicialmente 28 exemplares destinados a Força Aérea Brasileira (FAB), cliente lançador do tipo e responsável pela definição dos requisitos operacionais do jato. Em abril de 2009, foi assinado um contrato de R$ 3 bilhões para o desenvolvimento e construção de dois protótipos em um prazo de sete anos. Segundo a FAB, a entrega das primeiras unidades de série deverá ocorrer ainda em 2016. O KC-390 atraiu, até a data do seu primeiro voo, o interesse de outros cinco países com 32 aparelhos. Os possíveis compradores são o Chile (6), a Colômbia (12), a Argentina

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje