S. Jeannot. (Mac Jee): "Clientes potenciais da Ásia, Europa e Oriente Médio já mostraram interesse em nossa bomba Dagger"
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Brasil (Portugués) >

S. Jeannot. (Mac Jee): "Clientes potenciais da Ásia, Europa e Oriente Médio já mostraram interesse em nossa bomba Dagger"

|

O Chairman da Mac Jee, Simon Jeannot, concedeu entrevista a Infodefensadurante a 6ª Mostra BID Brasil em um movimentado estande onde a grande atração foi a bomba de planeio inteligente Dagger.

A empresa estratégica de Defesa brasileira já está operando sua segunda fábrica, na cidade paulista de Paraibuna, além da unidade inerte de São José dos Campos, sede do Grupo Mac Jee e onde estão as empresas Mac Jee Defesa, responsável pelo desenvolvimento, fabricação e comercialização de sistemas de defesa; Mac Jee Tecnologia, especializada no aprimoramento ou criação de linhas de produtos energéticos, e Equipaer, responsável pela criação de produtos e serviços do segmento aéreo.

WhatsApp Image 2021 12 07 at 09.54.49 (2)

Imágenes: Roberto Caiafa

No estande da empresa na 6ª Mostra BID Brasil, o grande destaque fica por conta da bomba de planeio Dagger. O que podemos saber sobre esse sistema?

Trata-se de um kit de asas projetado e produzido pela Mac Jee que transforma bombas do tipo MK (ou BGB na terminologia Mac Jee) em verdadeiros mísseis ar-solo sem propulsão com alcance de até 120 km. O diferencial do nosso kit para todos os outros no mercado é a inteligência artificial embarcada que entrega algoritmos sofisticados capazes de comparar entre alvos mais importantes ou que estejam dentro área coberta pela razão de planeio da arma. Efetivamente, o Dagger escolhe entre alvos e toma decisões autônomas. Um sofisticado sensor eletroóptico no nariz do kit permite aquisição e confirmação de alvos pré programados em um raio de 5 km na zona do alvo, e as imagens podem ser retransmitidas para aeronaves e estações em solo. 

Quem são seus clientes potenciais?

Esse produto, assim que realizar suas provas de teste reais, deverá atender a uma demanda importante, já que vários possíveis clientes na Ásia, Europa e Oriente Médio demonstraram interesse na aquisição desse sistema. Também produzimos as bombas penetradoras de bunkers, de 2.000 libras, capazes de destruir alvos duros como hangares reforçados, casamatas, depósitos de munições, pontos capitais em rodovias como pontes e elevados/trincheiras, etc. Esses produtos, caso a Força Aérea precise deles com urgência em uma situação de crise, faz das unidades fabris da Mac Jee Estruturas Estratégicas que podem contribuir efetivamente para uma mobilização industrial em larga escala, se necessário

WhatsApp Image 2021 12 07 at 10.16.34 (4)

Imágenes: Roberto Caiafa

E sobres as bombas BGB e a bomba penetradora de bunkers e hangares?

Temos contratos em andamento e uma planta de 10 mil metros quadrados em São José dos Campos que faz o enchimento/carregamento desses produtos, tudo homologado pela Força Aérea Brasileira e pelo Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI). Todo o processo fabril, cascos, enchimento com explosivo tritonal, tudo nacional. As espoletas, o fuso iniciador da explosão das bombas também é nacional e desenvolvido internamente pela Mac Jee, trazendo para os dias atuais um projeto com mais de cinquenta anos (bombas da família MK). Os padrões de produção e tecnologia empregada são mais eficientes, atendem todas as normas NATO/OTAN e esses produtos já estão sendo carregados nas instalações citadas para atender contratos de exportação. 

Armadillo TA2

Imágenes: Roberto Caiafa

E quanto ao Armadillo, que recente realizou o tiro real no CAEx? Temos novidades para 2022?

O Armadillo fez os primeiros testes de fogo reais com sucesso no CAEx há cerca de 15 dias. Em março de 2021, levaremos por via aérea o Armadillo Nº 4 para participar da World Defense Show 2022, na Arábia Saudita (um dos maiores eventos globais de Defesa e Segurança), e não só o TA2 vai ser exposto como protagonizará uma demo/campanha de testes com lançamentos reais de foguetes para uma platéia de possíveis clientes do Golfo Pérsico e Ásia/Pacífico.  Os ensaios com os protótipos estão indo muito bem, e com certeza 2022 será o ano das primeiras encomendas desse sistema. A tecnologia de comunicação e demais sistemas inteligentes do veículo são nacionais, desenvolvidos pela Mac Jee, mas a flexibilidade do produto permite ao cliente integrar os seus equipamentos de comunicações e controle de tiro ao Armadillo sem maiores problemas, a integração é bastante simplificada mantendo a padronização de equipamentos, temos de nos adaptar as necessidades do cliente sempre. O Armadillo, após cinco anos em maturação, está maduro e pronto para o mercado.



Recomendamos


Lo más visto