Siatt e Exército Brasileiro avaliam míssil guiado antitanque MSS 1.2 AC
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Brasil (Portugués) >

Siatt e Exército Brasileiro avaliam míssil guiado antitanque MSS 1.2 AC

Snapshot 193
O MSS 1.2 AC logo após ser disparado, e em processo de abrir as aletas traseiras antes de acionar o motor de cruzeiro que o acelera a 250 metros/s (Imagem: CAEx)
|

O Centro de Avaliações do Exército (CAEx) apoiou, em 24 de março, o disparo do Sistema Míssil Superfície-Superfície 1.2 Anticarro (MSS 1.2 AC), executado pelo Centro Tecnológico do Exército (CTEx).

O equipamento é composto pela munição (míssil e tubo lançador) acoplada a uma unidade de tiro para mira e disparo, que compõem um conjunto leve, de fácil transporte e de rápida entrada ou saída de posição. 

Os parâmetros intrínsecos do sistema no terreno foram testados com base nos requisitos do Exército Brasileiro.

Snapshot 196

O efeito devastador da ogiva de carga oca do MSS 1.2 AC contra um alvo simulado (Imagem: CAEx)

O MSS 1.2 AC é um sistema de armas para lançamento de míssil superfície-superfície, anticarro, de médio alcance, guiado a laser, para uso por tropas em solo ou em viatura. 

Ele provê maior portabilidade, flexibilidade e precisão no combate contra veículos blindados, por intermédio da implementação de alta tecnologia pela base industrial de defesa e segurança, em conjunto com o Sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação do Exército. 

Participaram do evento o Chefe do CTEx, General de Brigada Armando Morado Ferreira, o Chefe do CAEx, General de Brigada Alexandre Martins Castilho, engenheiros e técnicos da empresa SIATT Engenharia, responsável pela fabricação do sistema desenvolvido pelo CTEx,  militares da Marinha do Brasil, e militares do CTEx e da Seção de Testes da Divisão de Avaliação de Material do CAEx.

Snapshot 198

O refletor laser na cauda de um MSS 1.2 AC pronto para disparo (Imagem: CAEx)



Recomendamos


Lo más visto