menú responsive
AMÉRICA | Empresas
-/5 | 0 votos

Industria naval de defensa

Abimde e Emgepron se unem em um cluster de tecnologia no Rio de Janeiro

O dique seco do AMRJ pode receber navios militares de grande porte.

O dique seco do AMRJ pode receber navios militares de grande porte.

19/10/2019 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

A ABIMDE (Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança) e a EMGEPRON (Empresa Gerencial de Projetos Navais) anunciaram esse mês um acordo de cooperação para a construção do Cluster Tecnológico Naval de Defesa do Rio de Janeiro.

O Cluster visa aquecer o mercado de construção naval e incentivar o desenvolvimento das indústrias de Defesa, explorando a vocação tradicional da região.

O Cluster é um grupamento estratégico de empresas com atividades afins e, preferencialmente, com atuações geograficamente próximas que visa aquecer o mercado, incentivar a produção de novas tecnologias, movimentar a economia do segmento e gerar um retorno em escala crescente.

De acordo com o vice-presidente da ABIMDE, almirante Rodrigo Otavio Fernandes de Hônkis, o Cluster Naval do Rio de Janeiro tem como objetivo explorar as potencialidades da região, já que o...

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje