menú responsive
AMÉRICA | Defensa
-/5 | 0 votos

Oito exemplares para uma bateria de artilharia auto-propulsada

Uruguai negocia incorporação de obuseiros M-108 doados pelo Exército Brasileiro

Os M108 foram desativados no Exército Brasileiro em setembro de 2019

Os M108 foram desativados no Exército Brasileiro em setembro de 2019

17/12/2019 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

O Ejército Nacional de Uruguay (EU) abriu negociações com o Governo Brasileiro para receber, por doação, ao menos oito Viaturas Blindadas de Combate Obuseiro Autopropulsado (VBC OAP) M108 recentemente desativados pelo Exército Brasileiro (EB).

No dia 12 de dezembro o 22º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (22° GAC AP), baseado na cidade brasileira de Uruguaiana (Rio Grande do Sul), recebeu uma comitiva militares do EU para averiguação do estado em que se encontram os VBC OAP M108 do Grupo Uruguaiana.

Os uruguaios ficaram impressionados com o elevado índice de disponibilidade e ótimo estado de manutenção desses obuseiros.

Essa negociação acontece na esteira de outra, já concluída, que envolveu a doação de 25 Carros de Combate M41-C Caxias, ex-Exército Brasileiro.

EU conta com seis obuseiros autopropulsados tchecos do tipo 2S1 Gvozdika, de 122mm, adquiridos em 1988.

Essas peças equipam uma Bateria de Artilharia Autopropulsada no Grupo de Artillería AP 122mm Nº2, ou “Grupo Exodo del Pueblo Oriental”, na cidade de Trinidad, e a incorporação dos M108 permitirão a criação de outra bateria.

Uma peça com história

 

O M108 é um obuseiro autopropulsado equipado com um tubo M103 de 105 mm e 30 calibres.

Foi projetado no final dos anos 60, para substituir os M52 e entrou em operação no Exército dos Estado Unidos em 1966, sendo enviado ao Vietnã.

O M108 foi substituído pelos M109 no início dos anos setenta.

O Brasil adquiriu 72 exemplares no final dos anos 60, procedentes de estoques do US Army, através dos acordos militares firmados entre os dois países no final dos anos 60.

Os M108 chegaram em 1972 e equiparam 6 (seis) GAC AP, onde criaram a doutrina de artilharia autopropulsada brasileira, sendo utilizados até recentemente.

Os últimos disparos operacionais ocorreram em 11 de setembro último, nas mãos do 3º GAC AP.

Os M108 estão sendo substituídos no EB pelos modernos VBC OAP M109 A5+ BR.

 

Imagens: EB/EU

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje