menú responsive
AMÉRICA | Armada
-/5 | 0 votos

Programa Fragatas Classe Tamandaré (PFCT)

Emgepron inaugura seu escritório em Itajaí

Autoridades realizam o descerramento da placa comemorativa da inauguração. Imagem: Itajaí Participações/Marinha do Brasil

Autoridades realizam o descerramento da placa comemorativa da inauguração. Imagem: Itajaí Participações/Marinha do Brasil

20/08/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

A Empresa Gerencial de Projetos Navais (Emgepron) realizou a inauguração de sua base em Itajaí, dentro do projeto de construção de quatro novas escoltas modernas para a Marinha do Brasil.

Evento de inauguração contou com a participação de autoridades da Marinha do Brasil e demais empresas envolvidas no projeto de construção naval das fragatas Classe Tamandaré no estaleiro Oceana, em Itajaí (SC).

O escritório da Emgeprom será o encarregado do acompanhamento e da fiscalização durante a execução das ações do Programa Fragatas 'Classe Tamandaré' (PFCT).

Situada estrategicamente próximo à Sociedade de Propósito Específico (SPE) Águas Azuis e ao Estaleiro Oceana, o escritório proverá apoio à Marinha do Brasil, assim como impulsionará parcerias locais, criando assim oportunidades para fortalecer um Cluster Naval na região.

Itajaí já é reconhecida nacionalmente como a capital da construção naval e deverá, em breve, tornar-se referência na América Latina.

A cerimônia de inauguração aconteceu na última sexta-feira (14) e contou com a presença de executivos da EMGEPRON e do Consórcio Águas Azuis, que inclui as empresas Thyssenkrupp Marine Systems, Embraer e Atech, autoridades navais civis e militares entre outros representantes.

O contrato para a construção naval de quatro embarcações no Estaleiro Oceana foi assinado entre a Marinha do Brasil e o consórcio Águas Azuis, um projeto avaliado em mais de 6 bilhões de reais, com expectativas de gerar 2 mil empregos diretos e cerca de 6 mil indiretos no pico da produção.

Em maio deste ano, houve a assinatura do contrato entre a Thyssenkrupp Marine Systems e a empresa Aliança S.A., que pertence ao Grupo CBO, para aquisição do Estaleiro Oceana, em Itajaí.

O acordo envolve o início do projeto de construção das fragatas da Classe Tamandaré para a Marinha do Brasil, assim como também consolida a presença da multinacional na indústria da construção naval do país.

A Thyssenkrupp montou escritório na cidade e já está recrutando seu time de líderes, contratando profissionais de diversas áreas, inclusive com alguns já trabalhando no desenvolvimento da construção naval das fragatas.

O Diretor-Geral do Material da Marinha (DGMM), Almirante de Esquadra Cunha, em discurso durante a solenidade, frisou que o escritório da EMGEPRON, em Itajaí-SC, representa mais um passo adiante no Programa Fragatas “Classe Tamandaré”, permitindo assim, fiscalização e acompanhamento efetivo de processos junto ao Estaleiro Oceana e aos parceiros da Sociedade de Propósito Específico “Águas Azuis”. Além disso, enfatizou a contribuição do PFCT para o fomento à indústria de defesa do país. “ O PFCT se reveste em particular importância no cenário nacional em razão da sua relevância para geração de empregos, para o desenvolvimento da Base Industrial de Defesa, além da oportunidade de incorporar melhores práticas internacionais associadas a Gestão do Conhecimento, da Transferência de Tecnologia, do Apoio Logístico Integrado e da Gestão do Ciclo de Vida”.

Imagens: Itajaí Participações/Marinha do Brasil

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje