Saab, Boeing e Embraer, uma aliança estratégica
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Brasil (Portugués) >

Saab, Boeing e Embraer, uma aliança estratégica

A parceria entre EDS, Saab e Boeing estuda novas versões do jato KC390. Imagem: EDS
|

O ministro da Defesa do Brasil, Raul Jungmann, nesta terça-feira (30), defendeu que grupos estrangeiros participem do projeto EDS KC 390.

Jungmann participou, juntamente com o presidente Michel Temer, da abertura do Fórum de Investimento Brasil 2017, realizado na cidade de São Paulo.

A manifestação foi feita durante encontros com o CEO da empresa sueca SAAB, Hakan Buskhe, e o vice-presidente da norte-americana Rockwell Collins, Alan Prowse.

“A Embraer vem me convidando para voar no KC 390 e eu estou pensando em convidá-los para voarem comigo”, disse o ministro aos dois executivos em reuniões que ocorreram em separado.

Na quarta-feira (31), Jungmann participou de painel no âmbito do fórum, que conta com mais de 260 empresários inscritos, dentre brasileiros e estrangeiros.

O ministro explicou, nas duas audiências, que o governo federal vem buscando estruturar a legislação que permita os investimentos de conglomerados estrangeiros.

Para Jungmann, o incremento do cargueiro KC 390 será de suma importância. Na conversa com o executivo da SAAB, explicou que o Brasil vem desenvolvendo parceria no caça Gripen e deseja que a empresa sueca também entre no programa do avião de carga.

O ministro informou também que busca outros parceiros na Colômbia e na Índia.

Nas conversas com investidores, o ministro Jungmann explicou que o segmento de defesa tem ambiente favorável para investimentos.

Ele recordou que, ainda neste ano, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou uma linha de crédito destinada a financiar governos estrangeiros que desejam parcerias com programas brasileiros.

Nesta quarta-feira, além do painel no fórum, o ministro conversou com diversos executivos de conglomerados internacionais.

*Nota do Autor (No dia seguinte as declarações de Jungmann e os CEOs da Saab e Rockwell Collins sobre o KC-390 em São Paulo - 31 de maio - aconteceu o Brazil-Sweden Seminar on Aeronautical Cooperation, realizado em São José dos Campos. Segundo declarou na ocasião o diretor de Inteligência de Mercado da Embraer, Dimas Tomelin "Embraer e Saab tem interesse em produzir uma versão do KC390 destinada aos requerimentos suecos. Essa parceria está na fase de estudos e incluiria outro fabricante de peso, a Boeing. A boa relação entre as três empresas facilitaria sobremaneira o processo e a inclusão da companhia norte americana é vista como estratégica para o sucesso comercial de um projeto deste porte". Entretanto, segundo o executivo da Embraer, não há prazo para o anúncio oficial do futuro contrato e da parceria.

Imagens: Ministério da Defesa / Roberto Caiafa



Recomendamos