menú responsive
AMÉRICA | Sistemas
-/5 | 0 votos

Um radar para ver através das nuvens

Brasil aprova uma despesa de 80,5 milhões de reais para o Projeto Amazônia SAR

ProjetoAmazoniaSAR Imagem MD

23/07/2015 | São Paulo

Roberto Caiafa

(Especial Infoespacial para Infodefensa) O Ministério da Defesa (MD) brasileiro anunciou nesta segunda-feira (20) R$ 80,5 milhões em investimentos para o Projeto Amazônia SAR, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e da União. O sistema vai monitorar cerca de 950 mil quilômetros quadrados (17% da Região Amazônica ou o equivalente aos estados de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e um pouco mais do que Santa Catarina) mensalmente por um radar orbital - tecnologia que permite a observação da terra mesmo em condições climáticas adversas. Será a primeira vez que a Amazônia será monitorada sistematicamente com radar orbital.

Do total investido no Amazônia SAR, R$ 63,9 milhões de recursos não-reembolsáveis serão provenientes do FundoAmazônia via contrato assinado com o BNDES. Os outros R$ 16,6 milhões a serem investidos são oriundos do Orçamento da

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

SÍGUENOS EN

APPS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje