menú responsive
AMÉRICA | Contratación
-/5 | 0 votos

Economia de 3,5 milhões de euros para Portugal

Brasil autoriza o pré-pagamento do KC-390

KCtaoPortugal

20/11/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

A autorização de reescalonamento de encargos da compra de cinco aeronaves KC-390 ao fabricante brasileiro Embraer, publicada no Diário da República de Portugal, por resolução do Conselho de Ministros, produz efeitos retroativos a finais de outubro.

Uma das metas contratuais relativas ao fabrico da primeira aeronave KC-390 de Portugal, a Estação de Montagem Estrutural - AC1, inicialmente prevista para ser paga em março de 2021 teve seu pagamento adiantado para outubro passado, porém essa antecipação de etapas contratuais depende de autorização do Estado Português.

O ministro da Defesa de Portugal, Senhor Gomes Cravinho, anunciou uma poupança de 3,5 milhões de euros com o pagamento adiantado de uma parcela (de um total de 827 milhões de euros), à brasileira Embraer pelos cinco aviões K-390, substitutos dos Hércules C-130.

Como o processo de fabrico está adiantado, Portugal optou por fazer o mesmo com os pagamentos, dessa forma amortizando parte do valor total do contrato de aquisição das cinco aeronaves, um simulador de voo e a manutenção dos aviões por 12 anos.

Esse contrato foi assinado pelo primeiro-ministro, António Costa, em agosto de 2019, prevendo o pagamento em várias prestações até 2030.

A decisão de adiantar o pagamento foi tomada na reunião do Conselho de Ministros no dia 29 de outubro.

O primeiro destes aviões de carga e transporte tem entrega prevista à Força Aérea Portuguesa para março de 2023, seguindo-se mais um a cada ano, até fevereiro de 2027.

Os KC-390 são produzidos majoritariamente no Brasil, mas há componentes fabricados no Parque da Indústria Aeronáutica de Évora.

Imagens: Roberto Caiafa/Embraer/FAP

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje