Exército Brasileiro renova uniforme da Caatinga
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Tierra >

Exército Brasileiro renova uniforme da Caatinga

O novo uniforme é moderno e adequado ao bioma de caatinga.
|

O novo uniforme para o ambiente de caatinga foi apresentado durante solenidade alusiva ao Dia da Arma da Infantaria realizada no 72° Batalhão de Infantaria Motorizado (72° BI Mtz) – a Casa do Combatente de Caatinga.

A caatinga, do tupi: ka&39;a (mata) tinga (branca) = mata branca, é o único bioma exclusivamente brasileiro. Durante o período seco, a maioria das plantas perde as folhas e os troncos tomam-se esbranquiçados e secos.

A caatinga ocupa cerca de 11 do território nacional, possui características peculiares, como as altas temperaturas, pouca distribuição de chuvas durante o ano, além da vegetação agressiva e espinhosa.

Desde o emprego do Exército Brasileiro na Campanha de Canudos, observou-se a necessidade de um uniforme com características especiais para combater no semiárido brasileiro, buscando aliar proteção, conforto, leveza e camuflagem.

Observou-se então que o sertanejo, como homem perfeitamente adaptado à região e profundo conhecedor de suas dificuldades, utilizava uma roupa reforçada de couro que facilitava seu trabalho, onde predominava tons claros e castanhos, que acabou por inspirar a criação do atual uniforme especial de caatinga.

O Centro de Instrução de Operações na Caatinga (CIOpC), subordinado ao 72:&39; Batalhão de Infantaria Motorizado (72:&39; BIMtz), é responsável pelo desenvolvimento da doutrina militar terrestre no referido bioma.

Este Centro estudou a necessidade de modificação do uniforme especial de caatinga após verificar que o uniforme anterior apresentava deficiências e limitações que poderiam ser supridas com novos materiais e tecnologias a fim de melhorar principalmente a proteção, o conforto e a camuflagem.

Nesse contexto, o projeto de um novo uniforme especial de caatinga foi proposto observando os requisitos operacionais básicos e um conjunto protótipo foi avaliado pelo CIOpC, o resultado ilustrando esse artigo.

Novo Uniforme

 

A fim de orientar melhorias no uniforme de combate, vinculando-o as capacidades operacionais da tropa que atua no ambiente operacional semiárido, foi confeccionado um novo uniforme especial de caatinga pelo Centro de Instrução de Operações na Caatinga (CIOpC), com base nas cores do camuflado padrão OTAN para regiões semiáridas.

Foram feitos testes comparativos entre o uniforme especial de caatinga e o novo uniforme especial de caatinga pelo Centro de Instrução e Operações na Caatinga, durante o Estágio de Adaptação e Operações na Caatinga (EAOC) de OMs do CMNE.

As principais mudanças no novo uniforme especial de caatinga são o gorro beija-santo substituído pelo gorro tipo tropical; a camuflagem - tanto do tecido, quanto das peças de couro - passou a ser mais parecida com o ambiente; a proteção da manutenção da integridade física do combatente melhorou sensivelmente devido às proteções embutidas no uniforme na altura das articulações do joelho e do cotovelo do combatente; além do quesito conforto ter evoluído bastante com a colocação das peças de couro articuladas nos braços e nas pernas, fornecendo maior mobilidade ao militar.

Outra novidade é o coturno especial de caatinga confeccionado com material de extrema qualidade e que atende a grande maioria dos requisitos operacionais daquele ambiente.

 



Recomendamos