Portugal abre negociações para a compra de seis Embraer KC390
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Contratación (Portugués) >

Portugal abre negociações para a compra de seis Embraer KC390

Kc390
|

Durante reunião do Conselho de Ministros de Portugal, foi aprovada, no dia 7 de junho, resolução que autoriza o início das negociações do governo daquela nação com a Embraer Defesa & Segurança (EDS) visando a compra de cinco aeronaves cargueiras KC­390, com opção de mais uma unidade do jato militar.

Segundo esse mesmo informe, as negociações incluiriam a compra de um simulador de voo (full flight simulator CAT D) a ser instalado na mesma base aérea do esquadrão operador do novo modelo.

“A importância estratégica que a indústria aeronáutica pode desempenhar para o desenvolvimento econômico nacional, agregando novas capacidades, estimulando e valorizando o investimento em inovação e criação de empresas de base tecnológica, além de promover o emprego qualificado e as exportações, justifica o envolvimento de Portugal no projeto e produção do KC­390”, afirmou o Conselho de Ministros de Portugal em nota após a reunião.

A Embraer mantém cartas de intenções de compra assinadas com quatro países, a Argentina, o Chile, a Colômbia e a República Tcheca, e interesse público por parte de Canadá e Nova Zelândia. As ações da Embraer na bolsa brasileira registraram alta de 0,25%, cotadas a R$ 15,94, após o anúncio da venda a Portugal.

O governo brasileiro assinou uma encomenda firme de 28 unidades mais os dois protótipos atualmente sendo usados no programa de certificação, em um negócio de R$ 7,2 bilhões para 30 aviões. O primeiro exemplar desse pedido está agendado para entrega no segundo semestre de 2018.

Lançado durante a LAAD 2009, o jato militar da EDS alcançou diversos marcos importantes em oito anos de desenvolvimento, e está em fase final de testes e início dos processos de certificação.

A confirmação do negócio com Portugal vai representar a primeira venda a um governo estrangeiro do novo avião. A diretoria da empresa espera assinar a primeira venda do KC­ 390 ainda este ano, com grande possibilidade do negócio ser anunciado durante a realização do Paris Air Show 2017, que ocorre no final do mês na França.

Parte do esforço industrial do KC­390 é conduzido em Portugal, algumas peças do cargueiro são fabricadas em uma das duas unidades industriais de Évora, onde a empresa brasileira mantém um centro de engenharia e tecnologia, programa onde foram investidos mais de 180 milhões de reais.

Veja aqui o vídeo do Water Spray Test do KC390, realizado na pista de Gavião Peixoto.

Imagens: Embraer Defesa & Segurança



Recomendamos