Exército Brasileiro descarta nova torre para tanques Leopard 1A5 BR
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Brasil (Portugués) >

Exército Brasileiro descarta nova torre para tanques Leopard 1A5 BR

KMW LEOPARD 1A5 BR CAIAFA1a 1024x650a
VBC CC Leopard 1A5 BR, na linha de frente além de 2040! Foto: Exército Brasileiro
|

A Portaria do Estado-Maior do Exército nº 112, de 22 ABR 19, aprovou a Diretriz de Criação do Grupo de Trabalho (GT) para a Formulação Conceitual dos Meios Blindados do Exército Brasileiro, fato que marcou o início do processo de modernização da VBC CC Leopard 1A5 BR.

O GT introduziu a Diretriz de Iniciação do Projeto de Modernização da Viatura Blindada de Combate Carro de Combate Leopard 1 A5 BR, criando a Equipe para a realização do Estudo de Viabilidade e elaboração da Proposta do Modelo de Obtenção (EB20-D-04.002) (Portaria - EME/C Ex Nº 279, de 17 DEZ 20).

Quando da realização da 3ª Reunião Decisória à Distância (3ª RDD), iniciada a 27 de abril e finalizada em 15 de junho de 2020, a decisão de modernizar a viatura foi efetivada, sendo designada a Diretoria de Fabricação para conduzir o projeto.

Leopard1A5.ConbanderaBrasil400 1

VBC CC Leopard 1A5 BR. Foto: Exército Brasileiro

Posteriormente, a Diretoria de Material (D Mat) foi incluída para conduzir estudos referentes ao projeto em função do conhecimento maior dessa diretoria sobre a viatura e o seu processo de manutenção e, além disso, realizar na atualidade a gestão do contrato de prestação de serviços de manutenção vigente até 2027 (Contrato 024/2017 - COLOG/ D Mat – KMW), que será diretamente impactado pelos resultados do projeto. 

A D-Mat realizou o planejamento inicial seguindo parâmetros internacionais assim como ensinamentos e experiência trazidos pelos processos de consulta pública para a Modernização da VBR EE-9 CASCAVEL e para a Aquisição da VBC Cav-MSR 8x8A consulta pública foi utilizada para prospectar o mercado e também como instrumento para retificação/ratificação os RO e os RTLI e identificação de oportunidades de melhorias no Sumário Executivo para futura elaboração do Request for Proposal (RFP).

Foram criadas equipes multidisciplinares e multissetoriais em período anterior a cada fase com liberdade para trabalhar o tema na velocidade requerida para a tomada de decisões ou ações como aquisição de serviços e materiais que representem a melhor opção, dentro dos recursos orçamentários disponíveis e  ritmo demandado.

RELATORIO 001 DA CONSULTA PUBLICA 02 2022  Mod Leopard Externo 3

Inicialmente, 16 (dezesseis) empresas nacionais e estrangeiras se habilitaram para participarem da consulta pública apresentando as informações necessárias e dessas, apenas 08 (oito) responderam as questões apresentadas no SUMÁRIO EXECUTIVO. O número mais reduzido de respostas deveu-se, entre outras, pelo fato de que algumas empresas nacionais e internacionais se uniram para apresentar uma proposta conjunta.

Em 17 de outubro de 2022, foi enviado para as empresas o arquivo do Relatório – Esclarecimentos, Contribuições e Questionamentos - Consulta Pública Complementar N° 02-2022, contendo as respostas consolidadas a todos os questionamentos recebidos mais as respostas fornecidas pela D Mat. A Equipe Multidisciplinar, após análise das respostas, classificou as empresas de acordo com uma estratégia que preconiza duas linhas de ação.

A Linha de Ação 1 abrange o Sistema de Controle de Tiro (SCT), o Sistema de Comando e Controle (SC2) básico, o equipamento optrônico para o motorista e o sistema de ar-condicionado, com custo menor por blindado modernizado.

A Linha de Ação 2, além dos ítens citados, inclui também um sistema laser para detecção de ameaças, sistema de giro da torre e de elevação/deriva do canhão elétrico, um sistema de navegação inercial (INS), um sistema anti-incêndio automático e também um sistema de alimentação auxiliar de energia (Auxiliar Power Unit ou APU).

A diferença média de custos entre as linhas 1 e 2 (prospectadas no mercado), e expressas em dólar, indicam uma relação custo x benefício melhor para a segunda opção, com um pacote tecnológico mais capaz.

RELATORIO 001 DA CONSULTA PUBLICA 02 2022  Mod Leopard Externo 3

Linhas de Ação estabelecidas na 1ª RD do projeto Modernização da VBC CC Leopard 1 A5BR

Entrada de viaturas na Linha de Modernização no Pq R Mnt/3

Todo o trabalho de modernização dos Leopard vai ser conduzido nas instalações industriais do Parque Regional de Manutenção da 3ª Região Militar, em Santa Maria (RS). A seleção e mapeamento das 52 viaturas já foi realizada pelo Comando Militar do Sul (CMS). 

A equipe de trabalho estudou a entrada dessas viaturas na linha de produção considerando a necessidade de transporte também de outros projetos em andamento e a necessidade de inspeção das mesmas pelos militares do Pq R Mnt/3 (Santa Maria). 

O mapa a seguir apresenta a proposta para o recolhimento dos Leopard por ano a partir de 2024, conforme o planejamento de empenho e iniciando-se pelas viaturas das OM da 3ª Região Militar (3ª RM).

RELATORIO 001 DA CONSULTA PUBLICA 02 2022  Mod Leopard Externo 6

A Sexta Brigada de Infantaria Blindada dá início a modernização entregando dois carros para servirem de protótipos de desenvolvimento em 2024, oito unidades em 2025, nove exemplares em 2026 e sete veículos em 2027. Por sua vez, a 5ª Brigada de Cavalaria Blindada entrega um Leopard 1A5 BR em 2027, sete veículos em 2028, oito exemplares em 2029 e 10 unidades em 2030.

Leo1 br

O Leopard 1A5 BR modernizado vai operar além de 2040 no EB. Foto: Roberto Caiafa

O documento contém uma série de outros apontamentos importantes, como a informação de que não haverá troca de calibre para 120mm e novo canhão, o Leopard 1A5 BR modernizado permanece com a mesma arma L7A3 rifled gun de 105mm e suas munições, e também permanecerá com a mesma configuração no quesito proteção/blindagem. Também não haverá troca da torre, pelos mesmos motivos.

Fica claro que o MÍNIMO desejado pelo Exército na solução de modernização é a atualização do Sistema de Controle de Tiro (SCT) com integração do Sistema de Comando e Controle (SC2) degradado, sendo que a viatura deverá estar preparada para receber o SC2 completo, e optrônico para o motorista incluso, com custo dentro da faixa pretendida e que garanta renovação do ciclo de vida por mais 15 anos.

Etapas do Planejamento da Aquisição

1. Consulta Pública (RFI-RFQ inicial) - Realizado

2. Nova Consulta após 1ª RD (RFI-RFQ) - Realizado

3. Análise de Respostas (AHP) - Realizado

4. RFP (aberto) - 2023

5. Publicação da Short-list – 2023

6. RFT (Negociação - BAFO) - 2023

7. Publicação do Ranking - 2023

8. Contrato Inicial de 02 Und (Dispensa - Lei 14.333) para Avaliação CAEx (1ªRD) - 2024

9. Contrato total, estabelecido de acordo com a Disponibilidade Orçamentária anual, com mecanismos de segurança - 2024

KMW LEOPARD 1A5 BR CAIAFA1a 1024x650




Recomendamos


Lo más visto