menú responsive
AMÉRICA | Aire
-/5 | 0 votos

USAF encerra programa de aeronaves de ataque leve

Socom busca 75 aviões para missões de "vigilância armada"

140108 brasil roberto libano e o A 29 Super Tucano roberto caiafa01

19/02/2020 | Belo Horizonte

Roberto Valadares Caiafa

O Comando de Operações Especiais dos EUA (SOCOM, Special Operations Command) solicitou US$ 106 milhões no orçamento de defesa do ano fiscal de 2021 para um requerimento de vigilância armada, de acordo com documentos orçamentários do Departamento de Defesa (DoD, Department of Defense).

Ao mesmo tempo, a porta-voz da Força Aérea dos Estados Unidos da América (USAF), Ann Stefanek, confirmou que a força não seguirá em frente com um programa objetivando comprar aeronaves de ataque leve.

Como parte desse programa, o SOCOM deverá adquirir até 75 aeronaves de ataque leve, segundo uma solicitação do comando enviada em 3 de fevereiro.

O financiamento apoiaria “demonstrações de protótipos e testes de recursos únicos das Forças de Operações Especiais e esforços de aeronavegabilidade”, bem como a “aquisição de aeronaves, kits de missão e equipamentos de suporte associados”, de acordo com o departamento.

Contenido gratuito disponible para suscriptores

 

Si todavía no se ha suscrito, pinche aquí, el registro es totalmente gratuito. En caso contrario, introduzca sus datos:

 © Information & Design Solutions, S.L. Todos los derechos reservados. Este artículo no puede ser fotocopiado ni reproducido por cualquier otro medio sin licencia otorgada por la empresa editora. Queda prohibida la reproducción pública de este artículo, en todo o en parte, por cualquier medio, sin permiso expreso y por escrito de la empresa editora.

NOTICIAS RELACIONADAS

ENVÍO DE LA NOTICIA A UN AMIGO
Correo electrónico
Tu nombre
Mensaje