Intendência da Força Aérea Brasileira utiliza robôs para organizar estoques
EDICIÓN
| INFODRON | INFOESPACIAL | MUNDOMILITAR | TV
Aire (Portugués) >

Intendência da Força Aérea Brasileira utiliza robôs para organizar estoques

AlmacenAutomaticoUniformes Brasil
|

(Infodefensa.com) R. Caiafa, Belo Horizonte (Brasil) – O novo sistema, apresentado esta semana pela Força Aérea (Sub-Diretoria de Abastecimento), foi denominado Sistema de Automatização do Armazém Central do Fardamento Reembolsável e alia, de forma inédita, automação industrial e identificação por radiofrequência para a gestão de estoques. Esta tecnologia, cujo emprego com fardamentos funciona como projeto piloto, será utilizada posteriormente para o gerenciamento de setores críticos de uma força aérea como o suprimento de aviação e material eletrônico, dentre outros.

A inovação implantada no Armazém Central do Fardamento Reembolsável, no Parque de Material Aeronáutico de Campo de Marte, em São Paulo, representa, na prática, economia de tempo, espaço físico, redução de pessoal e da margem de erro. No mês passado, o projeto conquistou o primeiro prêmio, durante o II Congresso Brasileiro de RFID (Identificação por Radiofreqüência) e Internet das Coisas, realizado em outubro na cidade de Búzios, no estado do Rio de Janeiro.

O sistema tem funcionamento bastante simples, mas com alta tecnologia. Por meio de um robô de esteiras com braços articulados, as mercadorias são retiradas das caixas onde ficam armazenadas, conferidas e separadas para serem enviadas aos postos de fardamento reembolsável, de acordo com os pedidos enviados pelos postos. O sistema só conclui as operações quando toda a programação está corretamente executada. Antes da automatização, todo o processo era feito manualmente, o que despendia muito tempo e com possibilidade de erros. O que era feito em quatro meses, hoje se conclui em duas semanas. A margem de erro anterior era de aproximadamente 8%, hoje está próxima de zero.

Ainda em fase de implantação, a nova tecnologia será aplicada e chegará aos 28 postos reembolsáveis em todo o país, desde a Base Aérea de Santa Maria (sul do Brasil) até a Base Aérea de Boa Vista (extremo norte amazônico do país). Futuramente, o fardamento do pessoal da Aeronáutica também passará a ser adquirido fora dos postos de fardamento. Por meio da automatização do estoque, o consumidor final poderá realizar a compra pela intranet. Prevista para o final no ano de 2012, a loja virtual da FAB contará com um catálogo com as imagens de cada produto.



Recomendamos